terça-feira, 5 de abril de 2016

MONÓLOGO PESSOAL

Quantos tempos tivemos neste tempo? 
O meu… O teu… O nosso… 
Tempos que se cruzaram 
No tempo colectivo daqueles que nos conheciam 
E dos que nem imaginavam 
Que nós existíamos mesmo vendo-nos passar. 
Era um tempo cheio de diálogo 
Feito de palavras 
De ideias 
E de olhares partilhados. 
O tempo que chegou agora 
Levou com ele o nosso tempo. 
Esvaziou as palavras 
As ideias 
E os olhares 
E encheu o diálogo com tempos de solidão

SS

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial