quinta-feira, 24 de março de 2016

LINHAS

Não me apetece a tangência
porque me sugere linhas
que sobrevivem apenas se encostadas
mas cuja contínua fricção
fere toda uma existência.

Também não quero a intersecção
das linhas secantes
que se cruzam por momentos
para logo se afastarem
numa outra direcção.

Prefiro a equidistância
das linhas paralelas.
Caminhando lado a lado
nunca se perdem de vista
nem mesmo com a distância.

GM

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial